Alívio de todas as aflições,de todas as dores e de todas dificuldades. É possível?! Hoje conto para vocês a parte mais importante da minha vida!!!

Ora vem Senhor Jesus!

O que isso significa?
Hoje, em tempos de guerras, em tempos de falta de amor, falta de fé, falta de direção do que fazer, o que essa frase significa?
Na minha vida significa o alívio de todas as aflições, o alívio de todas as dores e de todas dificuldades.
Tive a oportunidade de conhecer o Jesus da Bíblia, aquele que veio para nos salvar de todas as imundices desse mundo.
Minha história é bem comprida e não poderia começar a conta-la para vocês, sem abrir o meu coração e falar a respeito Dele, que se fez conhecer.
Assim como todos, passei por momentos de dificuldades, não apenas relacionado ao preconceito que vivi por conta de ser uma jovem obesa, mas dificuldades no âmbito familiar, financeiro e vazio espiritual.
Fui criada pela minha mãe, com o apoio do meu avô e minha avó, visto que desde cedo, tive que aprender a lidar com o abandono por parte de pai. Nesse sentido, não tenho o que reclamar, pois desde o ventre de minha mãe, o meu Pai do céu já cuidava de mim.
Fui criada em uma família de classe média, onde meu avô, um homem muito honesto e trabalhador proveu o sustento até o seu ultimo dia de vida.
Ele era meu amigo, meu companheiro, meu exemplo e infelizmente com 11 anos tive que lidar com o sentimento da perda. Mesmo com a presença de meus familiares me senti muito sozinha, vazia, pois com ele dividi os melhores momentos da minha infância, os melhores aprendizados e ouvindo as historias de vida dele, hoje posso dizer que tenho orgulho do meu sobrenome Pardini. Deus sabe o porquê nascemos onde nascemos e só tenho a agradecer em ter tido a oportunidade de ser criada por um homem tão integro, bondoso e trabalhador como foi meu avô.
Com a morte dele tive sensações de vazio e abandono que só quem já sentiu isso pode dizer como esses sentimentos são terríveis... Nesta época, fui com minha mãe em uma igreja evangélica, indo contra ao que as pessoas ao nosso redor diziam (discursos de ódio contra evangélicos e tals).
Esses sentimentos que tinha, eram compartilhados com minha mãe, pois ela perdeu muito mais do que eu, ela perdeu o pai e procurando uma forma de sair desse buraco emocional, começamos juntas a procurar alento e  foi quando conhecemos uma igreja na Vila Olimpia aqui em SP. No primeiro dia em que entramos na igreja, lembro como se fosse hoje, a Pastora que ministrava o culto pediu para fecharem as portas e não deixarem que ninguém saísse dalí, pois Deus estava falando com ela, dizendo que duas pessoas estavam ali procurando respostas sobre alguém que havia falecido, alguém muito bom. Isso aconteceu a 10 anos atrás e me lembro tão bem! Minha mãe e eu nos entreolhamos e a pastora continuava falando coisas relacionadas ao que estávamos sentindo, até que apontou em nossa direção e ali, na frente de todos, falou tudo o que havíamos passado nos últimos dias... Entramos ali sedentas de socorro, de respostas e tivemos isso e muito mais.
A partir desse dia, não queria mais deixar de ir naquela igreja, pois nunca tinha ouvido falar que Deus se preocupava em falar com alguém, ainda mais usando outra pessoa para passar o recado. Só sei que naqueles instantes que vivi, chorando horrores, tomei a decisão mais importante da minha vida, a de conhecer melhor esse Deus que fala, age e acabou se tornando o meu melhor  amigo e meu novo companheiro. Saí saciada e com vontade de estar sempre ali, onde poderia ouvir o meu Amigo falando comigo.
Ficamos nesta igreja e lá muito aprendi. Hoje, depois de muitas situações que vivi, onde vi Deus agir de verdade, posso dizer sem sombras de dúvidas que Jesus existe, que Deus é verdadeiro que Ele conhece os nossos corações e nos guia, nos cura e nos salva de TODAS as aflições que passamos.



Amigas, fiquei nessa igreja por 5 anos e aprendi nesse tempo como buscar a Deus e forma como Ele trabalha na vida de todos, não só daqueles que estavam ali dentro junto comigo, mas na vida daqueles que  não criam na existência Dele.
Hoje, mais velha, não frequento mais igrejas, mas conheço o caminho que devo seguir e tenho comigo o companheiro mais amável, mais maravilhoso, bondoso, forte  e JUSTO, que por meio do Espirito Santos se manifesta em minha vida com provisão, apoio e socorro nas horas de angustia.
Durante toda a minha infância e inicio da minha juventude vivi muitas injustiças, coisas que uma criança não deveria passar, desde o abandono de um pai, até opressões emocionais dentro de casa, realizadas por familiares, que motivados sabe lá Deus pelo que, promoveram sobre minha mãe e sobre mim.
Hoje, livre de todo peso do passado ruim, escolhi minha profissão com base em tudo o que vivi e com base na fé que tenho.
Não poderia ser diferente. Escolhi lutar pela justiça pelo resto da minha vida.
Por mais difícil que a vida seja, com novos desafios a cada dia, me mantenho firme junto com meu Amigo, Aquele que me tirou do meio do inferno que vivia e me ergueu para viver uma história de vitórias e mostrar as pessoas que estão ao meu redor que Ele, somente Ele tem o poder de completar o vazio de nossos corações, o poder de nos fazer amadas, o poder de nos sustentar em todos os momentos, de trazer a paz, saúde, prosperidade, o poder para fazer abrir e fechar portas, dar e tirar autoridades e fazer assentar entre os príncipes aquele que nunca, ninguém, poderia imaginar.
Posso dizer que atualmente tenho uma música favorita, que reflete a minha fé e explica de forma poética a relação que tenho com o meu Deus que é o mesmo da época do Rei Davi.
Ludimila Ferber – Unção sem limites
                                                          
“Tomo os teus olhos, ponho em ti a minha visão
Tomo tua boca, profetiza, filho do homem
Tomo o teu coração e derramo a unção sem limites
Tomo o teu ser:-" levanta-te, levanta-te!", diz o Senhor

Te chamei filho meu para ser vencedor
Te tirei por de trás das malhadas ,
Como fiz com Davi , com meu óleo te ungi
Pra reinar e vencer as batalhas

Eu te ajudo, te sustento, sou teu escudo, sou o teu Deus
És meu filho muito amado
Não temas, Eu mesmo, o Senhor, te respaldo”  




Sei que um dia vou poder agradecer pessoalmente a Ele por tudo, por todo amor, por todo apoio, toda força e por toda fé que me ajudou a ter até nos momentos mais difíceis.
Minhas gatinhas, não sei de qual religião vocês são, mas eu sou uma Cristã convicta de que o meu Deus vive, de que Ele é meu amigo e o meu bem mais precioso.
Queria dividir com vocês mais uma parte da minha vida e essa é a parte mais importante de toda a minha existência.
Para aquelas que já O conheceram, sabem o que eu digo com “Ora vem Senhor Jesus”.

E para aquelas que não tiveram a oportunidade de O conhecerem, desafio-as a tentarem, a chamarem pelo Espirito Santo, pois Ele nos trás todo ensinamento de quem é Jesus e nos leva para mais perto Dele. Perto do único Senhor e Salvador das nossas almas.
É isso gatinhas, obrigada por lerem o texto todo que fiz em meio a lágrimas.

Beijos grandes e até a próxima postagem!

Dica de Beleza: Loção Hidratante Terapia das Águas Termais do Boticário!

Olá gatinhas! Tudo bem com vocês?
Já faz algum tempo que não trago aqui para vocês uma boa resenha de algum produto que tenha me deixado tão impressionada com a qualidade, preço e ação, ao ponto de ter vontade de compartilhar com vocês... O último produto que indiquei foi esse aqui e se tratava de um super depilador elétrico com jato de ar que evitava o ardor na pele durante a depilação. Como sabem, faço tratamento para acne, uso ácido no rosto para ajudar a amenizar as manchas e por ter a pele muito oleosa, nunca consegui comprar um creme para hidratar as regiões que não tem tanta oleosidade assim, ou até mesmo depois do banho, quando a pele aparentemente fica sem óleo e com a aparência de seca. Para rosto, tenho usado um creme da granado, de uma linha voltada para peles oleosas e estou amando também e logo logo farei resenha dele aqui para vocês! Após muito procurar um hidratante corporal que não deixasse a pele gosmenta, com o aspecto oleosa, recebi a indicação da Loção Hidrante Terapia das Águas Termais do Boticário. A água termal em si é um produto que serve para passar antes ou depois da maquiagem, ou até mesmo para limpar a pele, pois possui muitos sais minerais (muito superior a água mineral que ingerimos) e tem propriedades terapêuticas e em algumas regiões do mundo é usada como apoio ao tratamento de dermatites e inflamações cutâneas, ou seja é um produto que hidrata e não possui óleo algum.
O Boticário criou uma linha de produtos, dentro da tão conhecida Nativa SPA, chamada Terapia das Águas Termais, que possuem vários produtos bacanas. Dentre eles, o hidratante maravilhoso que falarei no post de hoje.
Quando passei o hidratante, de inicio percebi que ele era mais aquoso do que os hidratantes que conhecia e após ter espalhado e aguardado a secagem, veio a surpresa!

PELE SEQUINHA! Sem resquícios de oleosidade, ou o tão conhecido “peso” que os hidratantes normais deixam em nossa pele!
Apaixonei na hora que passei e já virou meu queridinho!
O que a marca diz sobre o produto:
Nativa SPA foi buscar no sul da itália, na Região de Répole, conhecida como o mais puro SPA natural da Europa, a fonte milenar da Terapia das Águas Termais. Sua riqueza de minerais vem graças ao caminho que percorre no subsolo desta região e a extração direta da fonte garante que suas propriedades se mantenham intactas. Especialmente desenvolvida para peles sensíveis, a loção hidratante corporal hidrata por até 30 horas e remineraliza a pele restabelecendo seu equilíbrio natural e deixando-a linda e saudável.
Então é isso minhas lindinhas!
Se estão procurando um hidrante que não fica pesado na pele, com aquela sensação de oleosidade, essa é a melhor pedida! Pele leve, sequinha e ao mesmo tempo hidratada!
Boa dica né?
Beijinhos minhas lindas e até a próxima postagem! :D 

Look do dia: Vestido fresquinho com estampa do fundo do mar!

Olá minhas lindinhas!
Em São Paulo está um tempo bem esquisitinho, nublado, mas muito abafado e eu como sou calorenta não aguentei colocar uma roupa muito quente. 
Para a dica de hoje selecionei um dos modelos mais deliciosos que tenho.





Uma estampa super atual e esse detalhe de renda é simplesmente lindo! Ele é da marca Tamanhos Nobres e vocês encontram esse modelo lindo na Wonderful Size Store na Alameda dos Anapurus, 1.912 em Moema - SP!

Eles vendem online também pelo link aqui!

Boa dica né?

Beijos gatonas e até a próxima! 

Namoro ou amizade?! Vida de uma gorda que escolheu ser FELIZ!

Olá meninas lindas!
Vamos falar sobre relacionamentos?
Sou solteira e não pretendo ter relacionamento amoroso por enquanto.
Estou em uma fase de crescimento profissional, espiritual e estou ficando mais velha e acredito que a cada dia mais seletiva, tanto para relacionamentos amorosos, como para amizades.
Quem me conhece pessoalmente sabe que não sou de muitos amigos, tenho uma vida com pouco agito e sou muito focada nos estudos.
Tive alguns relacionamentos que não deram certo.
Sabe aquele tipo de gorda complexada ao extremo?! Então, eu era assim... Os meus primeiros namorados aguentaram muitas reclamações, vergonhas bobas e bla bla blá.
Engraçado que antigamente para conhecer alguém legal para me relacionar era super difícil e hoje em dia que não estou afim de sair com ninguém, com as redes sociais tudo ficou mais fácil, inclusive arranjar um namorado.
Ocorre que com tantos tapas que a vida me deu me direcionando para os meus objetivos, eu não deixo ninguém que queira ter um relacionamento amoroso comigo entrar na minha vida e posso dizer que até o momento não vi isso como um problema, muito pelo contrário, faço meus horários, foco naquilo que acho necessário, separo sempre um tempo para mim, me curto, me arrumo, saio com amigas, me divirto e não sinto a necessidade de ter alguém comigo.
Uma coisa eu aprendi com os meus relacionamentos e até mesmo com relacionamentos de amigas, eu não quero ser a ultima opção de ninguém. Sou uma garota saudável, batalho pelos meus sonhos, estudo muito, trabalho, tenho senso de humor e conheço muitas séries e se precisar de dicas de livro sobre ficção pode me procurar, pois amo ler os romances impossíveis entre vampiros, lobisomens e tudo mais... kkkk ou seja, reconheço as minhas qualidades e me valorizo e não estou a procura de ninguém para me amar, pois me amo, me curto e gosto da minha companhia.
Gostaria muito que as minhas leitoras se sentissem assim também, independentes, livres e com muito amor próprio, pois assim talvez pudéssemos parar de ouvir que um cara só pega mulher gorda no fim da balada quando está bêbado, ou quando não tem opções para pegar.
Conseguir identificar as suas qualidades e saber que é muito mais do que um corpo, trará aquela convicção de que você sempre será a melhor escolha que alguém inteligente poderá fazer.
Minhas lindezas para começarmos a semana bem e livres dos encostos que querem nos “pegar” ou aqueles famosos “papa gordas” que só querem saídas casuais sem terem coragem de assumir relacionamentos com mulheres acima dos peso, valorizem-se, busquem dentro de vocês as suas qualidades e mantenham-se firmes com o pensamento “Eu não vou ser a ultima escolha de ninguém, pois sou muito melhor que isso”.




Beijocas minhas lindas e obrigada pelos e-mails maravilhosos que me encaminham! 


Look do dia: Jovem, linda e feminina! É o que temos para hoje!

Hey gordinhas!
O final de semana chegou e o look escolhido para passar o dia hoje foi esse vestido bafônico da UPSY! Não é jabá, esse eu comprei mesmo e estou muito feliz com a minha aquisição!
É um modelo godê, fico bem grandona com ele, mas não estou neeeem aí para a língua dazinimiga, pois sempre que uso essa belezinha me sinto linda, jovem e muito feminina!

O corte como disse acima é godê, que fica muito bonito em quem tem quadril largo, sendo que ele dá aquela acinturada, marca bem o busto e não fica grudando na barriguinha, sabe?rs

 

Nós gordinhas merecemos isso, uma bela roupa, com um belo corte e muita feminilidade, afinal, não somos obrigadas a nos vestir como saco de batatas! 
Ame-se, cuide-se e sinta-se sempre feliz assim como é! <3 

Beijocas minhas lindas, até a próxima postagem!!! 

GORDOFOBIA EM LOJAS DE ROUPAS, VOCÊ JÁ SOFREU?

Olá bonecas lindas! Tudo bem com vocês?
Hoje, resolvi me manifestar sobre uma situação que presenciei durante toda a minha vida e agora com as redes sociais vi que todo esse tempo não fui a única.
Como vocês sabem, eu sou muito fã da blogueira Paula Bastos e durante anos lendo os seus textos senti que não estava sozinha nessa luta contra o preconceito, visto que sem o acesso a internet, os movimentos plus size não me alcançaram e me sentia muito excluída de tudo e todos, só após a integração da tecnologia em minha vida que pude perceber que esses grupos existiam e que eu não precisava aceitar o padrão imposto pela sociedade e que acima de tudo, haviam pessoas maravilhosas encabeçando essa luta.
Ocorre que recentemente, vi uma publicação no facebook da minha diva Paula, sobre uma situação constrangedora que uma cliente passou com a sua filha obesa em uma loja em shopping classe alta na zona sul da cidade de São Paulo.
O fato veio a tona com um comentário que a cliente realizou no site da loja, onde explicava o que havia acontecido e na hora que li, me identifiquei, mas como sempre sofri calada, achei sensacional o comentário dessa mãe e vim falar sobre essa situação com vocês gordinhas lindas.
Quando mais nova, vivia fazendo dietas radicais, com carga pesada de exercícios físicos para conseguir chegar ao menos ao manequim 44, sendo que na época vestia 48. 
Com 12 anos consegui vestir o tamanho 46 e sabia que determinadas lojas que vendiam peças tamanhos pequenos, estendiam a grade até essa numeração. Em um belo dia fui com minha mãe e uma amiguinha de colégio ao shopping, entramos em uma loja e o mesmo que aconteceu com a senhora do comentário, aconteceu comigo. As vendedoras me olharam de cima a baixo, se afastaram como se não valesse a pena me atender e eu naquela idade e ainda sem saber direito como lidar com o meu corpo, me senti um lixo e muito humilhada, como se os meus esforços com dietas e os exercícios físicos que praticava não tivessem valido nada.
No meu caso a minha mãe não percebeu o ocorrido, pois sem dizer nada, apenas sai da loja sem olhar para trás.
Essa situação não parou apenas nessa vez, ocorreu durante a minha adolescência e até hoje ainda passo por isso.
O caso mais recente ocorreu em junho do ano passado, quando entrei em uma loja de lingerie para comprar um pijama lindo que vi para presentear a minha tia, estava acompanhada de minha mãe e o preconceito que sofri foi mais descarado do que apenas ser ignorada pelas vendedoras, nesse dia a maioria delas se afastaram e a única que ficou para me atender me mediu e disse que ali, naquela loja não haviam peças do meu tamanho.
Hoje, não sou como a 13 anos atrás. Hoje, me aceito e preconceito bate no meu peito e o chuto para bem longe e qual foi a minha reação?
Não disse nada, apenas pedi para que ela me trouxesse TODOS os modelos de pijama que ela tinha na loja em DOIS tamanhos diferentes que eu queria ver para poder comprar. Sem poder escapar e reclamar ela fez o que pedi, sendo que o shopping já estava quase fechando, pois já se passavam das 21:30.  A pilha foi crescendo, crescendo e crescendo, as vendedoras que se afastaram tiveram que ajuda-la a equilibrar tantas peças no balcão e após eu olhar todas as peças, disse para ela “Putz, não é que é verdade?! Nada nessa loja me serve! Obrigada pelo atendimento!” e saí, simplesmente virei as costas com aquela sensação boa sabe?
Enfim, já que as pessoas que praticam o preconceito descaradamente não parecem nenhum pouco arrependidas de discriminarem, humilharem e fazerem pouco caso de seres humanos diferentes delas, acho que tiveram ao menos um pouco da raiva que estava sentindo. Me julguem, fiquem a vontade, mas fiz com gosto!
Não que esse tipo de atitude que sofri me abale emocionalmente, pois se me abalasse, teria saído pela porta da loja como saí quando tinha 12 anos e não teria tido essa reação de completa calma, com um belo sorriso no rosto e ciente que SIM EU SOU GORDA e que REALMENTE NADA ME SERVIA, mas e daí?! Se eu quiser comprar para fazer de pano de chão, quem é que pode me impedir?
Enfim, acho que o problema não está no treinamento dessas funcionárias e sim na impunidade do preconceito que sofremos.

Fica aí para reflexão, pois não escrevi esse texto para incentivar o ódio, mas sim para que haja mais profissionalismos nas marcas, já que não conseguem fazer um processo seletivo visando a contratação de funcionários menos preconceituosos, que façam então o necessário para um bom atendimento para todos,  visto que o mundo começou a passos bem lentos a aceitarem a diversidade de raça, sexo e também de tamanho de manequim, afinal todos nós merecemos respeito. 

Foto: Mariana Godoy
Beijocas lindezas e até a próxima! <3

Look do dia para uma Terça pegando fogo!

Olá gatinhas!
Sério, que calor é esse aqui em SP?! 
Não há roupa fresquinha que aguente!
Hoje trouxe para vocês um look que não sai do corpo e amo demais, pois além de confortável, me deixa feminina mesmo usando bermudinha :D 
Como havia dito nas publicações anteriores, sou chegada em regata de cetim e quando comprei, acabei adquirindo várias cores para compor nesse calor diversos looks bacanas!
O shorts que estou usando é de um material composto por elastano e jeans, super confortável de vestir... 







A biju da foto é da 25 de março e como sabem, essa rua é repleta de coisas legais para os mais variados gostos e com precinho supeeeeeer baratinho :)

A regata é da Ênfase e a bermuda da Tamanhos Nobres, ambas vendidas pela loja Wonderful Size Store localizada na Alameda dos Anapurus, 1.912 em Moema - SP!

Eles tem um site da loja para compra online que é www.wsizestore.com.br 

Espero que tenham gostado das dicas! ;) 

Beijocas e boas compras! <3 

TOP 3: Séries plus size que toda garota acima do peso deveria assistir!!!

Férias, férias e férias! 
As tão merecidas férias chegaram e eu como uma boa viciada em séries, vou colocar todas em dias e pegar mais algumas novas para assistir, além de rever as minhas preferidas, principalmente aquelas voltadas para o mundo de uma garota gorda. 
Lindezas, essas séries que estou indicando para vocês, são as melhores que contam histórias de personagem que vivem em um ambiente, no qual precisam se adequar por estarem completamente fora do padrão. Muitas amigas magras que tenho assistiram essas séries e se apaixonaram pelas personagens! 
Então imagina o que vai acontecer com vc assim que começar a assistir?! Vai se apaixonar assim como eu :)

Vamos ao ranking! 

Em 3º lugar está a série: Mike & Molly - Mike é um policial que sonha em ter uma namorada e por estar gordo, acha que dificilmente encontrará o amor de sua vida, assim, decide mudar seu estilo de vida e visitar um grupo de apoio aos comedores compulsivos, onde conhece Molly, uma professora que sonha em se tornar uma grande escritora e por ser gorda, não tinha grande facilidade de encontrar bons partidos e cansada desta realidade,  após longas dietas absurdas, ainda acima do peso, decide participar do mesmo grupo e acaba conhecendo Mike. É uma série de romance com muita comédia, ressaltando o bom humor que todo gordo tem! Amo demais esses personagens e sem dúvidas é uma ótima pedida para curtir nessas férias de janeiro! :D 



Em 2º lugar está a série: My Mad Fat Diary - Fiquei super tentada em colocar essa série em primeiro lugar do raking, mas me contive rs. Ela conta a história de Rae, uma adolescente inglesa que ama Oasis (um dos motivos que super me identifiquei) e foi internada em um hospital psiquiátrico por tentar suicídio. Após 6 meses de internação volta para casa e reencontra sua melhor amiga de infância que a apresenta a novas pessoas que acabam se tornando seus amigos e apoios para superar os problemas de recaida da depressão. Como toda série britanica, pode-se esperar um clima sombrio, mas ao mesmo tempo, uma trilha sonora de cair o queixo e boas experiencias de adolescentes que viveram na época dos anos 90! Fora os romances de fazer qualquer um suspirar ;) 



E em 1º lugar a minha série preferida de todas, Drop Dead Diva - Imaginem uma modelo de passarela super magra morrer e encarnar no corpo de uma advogada super inteligente, mas gorda? É o que acontece entre as personagens Deb Dobkins e Jane Bingum. Muita comédia, drama e um romance delicioso de acompanhar é o que esta série tem a oferecer, além é claro, para aquelas que são chegados no Direito (como eu rs), vão se identificar e querer viver a todo custo o papel de Jane, afinal ela é linda, gorda e super inteligente! 


Minhas lindezas, tá aí algumas boas dicas para vocês curtirem e se viciarem enquanto estiverem de férias e para aquelas que voltaram a trabalhar, podem deixar marcada a publicação como favoritos para poderem pegar as dicas no final de semana, pois são séries que você não vai aguentar assistir apenas um episódio, mas vai querer assistir todos de uma vez só! rs 

Boa diversão para nós! 

Beijinhos <3 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© BL Design - 2014/2016. Todos os direitos reservados.
Codificado por: Bianca Layouts ♥ EXCLUSIVO! ♥ .
Tecnologia do Blogger .
imagem-logo